Amar é re(amar).

Luzes baixas, uma música tocando e o baixo se sobressaindo. A batida dominando o ambiente e disputando apenas com o cheiro da comida, mais uma de suas invenções e experiências misturando culturas. O cachorro deitado na sala, aproveitando a ventania de mais uma noite de outono. Você na cozinha, eu no quarto, provando mais um vestido que comprei secretamente para momentos como esse. Nós dois em casa, num sábado a noite. Sem problemas até aí. Tirando a bagunça que arrumaremos no domingo a tarde, antes de irmos no mercado reabastecer a geladeira pra semana que vai começar.

Depois de uns vinte minutos, eu e você degustando aquele vinho que provamos pela primeira vez na nossa última viagem, nossos sorrisos se resumindo ao presente e à satisfação pela certeza do futuro. Longe de tudo que já deu errado, longe de todas as expectativas alheias, ali a gente vai fazer só o que sabe: aproveitar a companhia um do outro.

Porque sinceramente não tem nada que eu goste mais do que a sua companhia. Seja de manhã cedinho com a sua cara de sono, no almoço, no jantar, antes de dormir. Você é aquela alma gêmea que faz valer todo o resto. E quando eu falo isso, quero dizer que é difícil pra cacete crescer e envelhecer. Lidar com pessoas que pensam diferente de mim, que esperam atitudes diferentes, que me observam e me julgam a todo momento. Que nunca vão me achar boa o suficiente pra você. Mas não tem nem mesmo uma parte desse pacote que eu não considere absolutamente possível carregar se puder conviver contigo pro resto da minha existência. Não tem nada que me desanime se eu tiver você do meu lado.

Você é sinônimo de sorrisos sinceros, risadas espontâneas e desabafos bem vindos. Diferente do que você cogitou, eu não simplesmente me acostumei a amar você e sigo fazendo. Não. Eu amo você porque você é a alma mais linda, doce, especial e misteriosa que eu conheci. Minha eterna caixa de bombom surpresa, meu livro interminável e cheio de desfechos completamente diferentes dos que eu estava acostumada. Tudo aqui dentro ama tudo aí de dentro. E esse amor se renova diariamente.

Esse amor não foi um acontecimento que me marcou. Ele acontece. Ele me marca. Ele deixa meus dias melhores, minha vida mais completa. Ele é a certeza de que eu tenho um lugar que eu queira voltar. Eu tenho um lar.

Você é o meu lar. Minha dupla de todas as horas.

Já faz um ano… Ou quase um ano… E quando nossos olhos se cruzam e a gente conversa, com risadas e viagens doidas, eu sinto exatamente a mesma mágica que senti no botafogo praia shopping. Aquela que me faz dormir sorrindo todos os dias, não só com o rosto, mas com a alma, com a… satisfação.

Satisfação de existir para alguém. De fazer sentido dentro do universo de alguém. De pertencer ao universo de alguém. Segurança, paz e felicidade.

Obrigada. Pelos futuros jantares, por aquele de dois meses, por me fazer ir dormir tranquila todos os dias por me amar de corpo e alma. Você é meu herói.

Por mais oldfashion que sejamos, por mais anacronicamente que gostemos de viver… O que importa é que a gente está juntos nessa, né?

Remando nosso barquinho…

Re (amando) todos os dias… <3

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s